Notícias do setor

Diferenciais competitivos

Folha de São Paulo, Janela, 19/mar

Na concorrência por novos empreendimentos e obras, que decorrerá da ansiada retomada da economia, sairão na frente as empresas capazes de apresentar diferenciais competitivos, como excelência em qualidade, produtividade, gestão e inovações tecnológicas.

A formalidade é um pressuposto fundamental nesse processo, com atenção permanente às Normas Técnicas, especialmente a de Desempenho, e o atendimento à legislação trabalhista e às boas práticas de subcontratação - atividade legal que se tornou indispensável à moderna indústria brasileira da construção.

Para discutir estes desafios e contribuir para capacitar os participantes, o SindusCon-SP realizará, em parceria com a Feicon Batimat, o 3º ConstruBR - Congresso Brasileiro da Construção, em 6 de abril, no São Paulo Expo.

Sob o tema "Inovação e Produtividade", o evento será voltado a profissionais de construtoras, incorporadoras, fabricantes de materiais de construção; escritórios de engenharia e arquitetura; órgãos públicos federais, estaduais, municipais e entidades governamentais relacionadas à construção, obras e ao meio ambiente; bancos de investimentos, financiadoras e seguradoras; consultores, auditores e especialistas de serviços para a construção; fornecedores de equipamentos, produtos e tecnologia.

Na abertura, o presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, falará sobre "A formalidade como pressuposto da inovação", seguindo-se uma palestra sobre ética.

A seguir, mesa redonda sobre "Normalização e Norma de Desempenho como impulso ao desenvolvimento tecnológico da construção" reunirá o vice-presidente de Tecnologia e Qualidade do sindicato Paulo Sanchez (mediador), o diretor de Normalização da Abrasip e do Secovi-SP Paulo Rewald e a professora da Poli-USP Mércia Bottura de Barros.

Após o almoço, as "Questões práticas e preocupações do setor sobre a Norma de Desempenho nos empreendimentos imobiliários" serão apresentadas pelos advogados do Conselho Jurídico do SindusCon-SP Carlos Del Mar e Ricardo Campelo. Em mesa redonda, o membro do Comitê de Tecnologia e Qualidade do sindicato Sergio Fernando Domingues apresentará a visão das construtoras sobre o tema; a presidente da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura, Miriam Addor, mostrará a visão dos arquitetos, e o vice-presidente da Proacústica, Davi Akkerman, a dos projetistas.

Na sequência, o professor da FEA-USP Hélio Zylberstajn abordará a questão "Subcontratação como atividade inerente à construção civil é estratégica para o Brasil". Mesa redonda sobre o tema reunirá os vice-presidentes do SindusCon-SP Haruo Ishikawa (Relações Capital-Trabalho e Responsabilidade Social) e Jorge Batlouni Neto (Tecnologia e Qualidade).

Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]