Notícias do setor

Cimenteiras ainda veem meses difíceis pela frente

Valor Econômico, Ivo Ribeiro e Chiara Quintão, 11/jan

Após três anos de elevada retração, o mercado brasileiro de cimento - insumo vinculado às atividades de construção imobiliária e infraestrutura - ainda deve amargar alguns meses de declínio no consumo, antes de sentir, de fato, a reversão da crise. "Uma efetiva recuperação da demanda somente virá no segundo semestre", disse Paulo Camillo Penna, presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Cimento (SNIC), ao Valor.

Leia mais no Valor Econômico

Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]